Blog Top Sites

Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

HISTORIA DA TELEVISAO

ganhe brindes e amostras gratisnet
http://amostragratisnet.blogspot.com

EU RECOMENDO !!
HIST�RIA DA TELEVISao
1817
O qu�mico sueco Jakob Berzelius, descobriu casualmente o sel�nio, elemento qu�mico brilhante e luminoso. O feito marcou como o primeiro passo para a transmiss�o de imagens. Anos mais tarde, o ingl�s Willoughby Smith foi mais longe e descobriu que o sel�nio podia transformar energia luminosa em energia el�trica, possibilitando a transmi��o de imagens por meio de corrente el�trica.
1842
Alexander Bain, transmitiu uma imagem telegr�fica sem movimento.
1873
Na Irlanda, o operador de tel�grafo Joseph May, descobriu o efeito fotoel�trico.
1875
Em Boston / EUA, George Carey prop�s um sistema que era baseado na explora��o de cada ponto da imagem simultaneamente.
1880
O franc�s Maurice Le Blanc descobriu que imagens sucessivas apresentadas em velocidade davam a impress�o de movimento.
1884
O alem�o Paul Gottlieb Nipkow captou imagens divididas em pequenos pontos e reagrupou-as depois, utilizando um dispositivo desenvolvido por ele para a forma��o da imagem.
1897
Karl Ferdinand Braun, da Universidade de Strasbourg inventou o tubo de raios cat�dicos.
1923
Vladimir Kosma Zworykin, engenheiro eletr�nico russo nacionalizado americano, patenteou o iconosc�pio.  Usando o aparelho, ele transmitiu imagens numa dist�ncia de 45 quil�metros. O iconosc�pio era bem parecido com os televisores atuais. O primeiro prot�tipo foi apresentado numa reuni�o de engenheiros em Nova Iorque, em 1929 e contru�do pela RCA em 1933.  Na Inglaterra, lsaac Schoenberg, tamb�m russo e amigo de inf�ncia de Zworykin, desenvolveu na companhia EMI um tubo de c�mera semelhante ao iconosc�pio.
1926
O engenheiro escoc�s John Logie Baird conseguiu transmitir alguns contornos de imagens em movimento em uma demonstra��o em Londres para a comunidade cient�fica, assinando depois um contrato com a BBC para transmiss�es experimentais.  Baird j� havia realizado, em 1920, transmiss�es atrav�s do sistema mec�nico baseado no invento de Paul Nipkow – um disco de ferro com furos eq�idistantes, dispostos em espiral, que ao ser girado dividia a imagem em pequenos pontos e em alta velocidade voltava a formar novamente a imagem.
1927
Foi o engenheiro norte-americano Philo Taylor Farnsworth quem primeiro conseguiu transmitir imagens est�veis de um lugar para outro.  Ele � o inventor do tubo dissector de imagens. Farnsworth, aos 14 anos de idade, pensou em construir as imagens por meio de linhas formadas por um ponto percorrendo a tela, observando, na fazenda onde morava, os sulcos paralelos deixados pelo arado ao preparar o solo para o plantio. No dia 7 de setembro de 1927, Farnsworth utilizando o tubo de raios cat�dicos desenvolvido no final do s�culo XIX, realizou o feito. Farnsworth e Zworykin travaram longa disputa judicial pela paternidade da inven��o da TV. Farnsworth ganhou a disputa mas somente depois que a patente havia sido expirada, n�o recebendo nenhum dinheiro pelo seu invento.
1928
Um aparelho, chamado "Telehor", semelhante ao demonstrado por Baird em Londres, foi constru�do na Alemanha e apresentado no Berlin Radio Show, por Denes Von Mihaly.
1930
No m�s de julho,  a NBC, subsidi�ria da RCA, transmite experimentalmente nos Estados Unidos com a emissora W2XBS.
1931
No dia 31 de julho come�am as transmiss�es da CBS com a W2XAB.
1932
A NBC come�ou a transmitir do Empire State Building, em Nova York.
1935
� realizada oficialmente a primeira transmiss�o na Alemanha, no m�s de mar�o, e na Fran�a, no m�s de  novembro. 
1936
Inaugura��o da BBC, em Londres.
1937
� transmitida a coroa��o de Jorge VI, j� com resolu��o de 405 linhas.
1938
A televis�o chega a R�ssia.
1939
As transmiss�es regulares s� come�aram em 1939. A pioneira foi a NBC.  Tamb�m em 39 come�aram a ser vendidos ao p�blico os primeiros aparelhos de TV.
1941
As transmiss�es de som foram transferidas de AM para FM.
No dia 7 de setembro a CBS apresentou o primeiro notici�rio da hist�ria da televis�o. O assunto era o envolvimento dos EUA na Segunda Guerra Mundial.
O Orthicom foi desenvolvido por Zworykin porque o iconosc�pio exigia uma quantidade exagerada de luz e a imagem reproduzida era deficiente. Orthicon, uma v�lvula de raios cat�dicos muito sens�vel, adaptada a c�mera equilibrava a luz e dava uma qualidade melhor a imagem. .
1946
Come�a a ser comercializado o primeiro aparelho de televis�o popular (modelo 630TS da RCA).
1948
A TV a cabo foi utilizada pela primeira vez em 1948, na cidade de Oregon, onde os sinais normais de televis�o n�o conseguiam chegar as resid�ncias por causa do terreno montanhoso.
1950
Segundo pesquisas, j� em 1950 havia mais gente, nos EUA, vendo TV do que ouvindo r�dio. A TV se popularizou ainda mais com o final da Guerra.
O Brasil foi o primeiro pa�s da Am�rica do Sul a implantar a televis�o, em 18 de setembro de 1950.
1951
A CBS foi a primeira a levar ao ar a TV a cores nos Estados Unidos. Foi em 12 de junho de 1951. A seguir foi a vez da NBC, em 1954. As primeiras imagens coloridas da hist�ria da TV, no entanto, foram feitas em 1929, por Hebert Eugene Ives, em Nova Iorque. Tinham 50 linhas de defini��o por fio. Peter Goldmark melhorou a defini��o, fazendo demonstra��es com 343 linhas, em 1940. E em 1949, sistemas experimentais j� haviam sido desenvolvidos pela RCA e CBS.
1954
Foi padronizado o sistema a cores NTSC pela Associa��o das Industrias Eletr�nicas. O novo padr�o NTSC, abreviatura de National Television Standards Committee, utilizava o padr�o preto e branco j� existente e acrescentava a cor.
1955
Em 12 de maio de 1955, a WNBT fez a primeira grava��o mundial em videoteipe, usando fita magn�tica de som e imagem,
1956
O VT foi utilizado pela primeira vez pela CBS em 30 de novembro de 1956.
1957
No Brasil, a primeira emissora a adquirir equipamentos de grava��o e reprodu��o foi a TV Rio, canal 13, em 1957.
1962
Em 1962 � realizada nos EUA a primeira transmiss�o de TV via sat�lite.
1967
Foi inventado, na Alemanha,  o sistema a cores PAL, que resolvia alguns problemas existentes no sistema norte-americano, e na Fran�a foi adotado o sistema SECAM (S�quentielle Couleur � Mem�ire).

A primeira transmiss�o em alta defini��o da hist�ria � reinvidicada pela WRAL-HD da cidade americana Raleigh.
A pré-estréia da Televisão no Brasil aconteceu no dia 3 de Abril de 1950. Foi com uma  apresentação de Frei José Mojica e as imagens foram assistidas em aparelhos instalados no saguão dos Diários Associados.
No dia 10 de setembro foi transmitido um filme onde Getúlio Vargas falava sobre seu retorno à vida política.  
Finalmente no dia 18 de setembro a TV Tupi de São Paulo, PRF-3 TV, canal 3, foi inaugurada.  Era a concretização do sonho de um pioneiro da comunicação no Brasil: Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Melo, que já controlava uma cadeia de jornais e emissoras de rádio chamada Diários Associados.
Chateaubriand havia encomendado à RCA equipamento para duas emissoras de televisão. A antena foi instalada no edifício do Banco do Estado de São Paulo.
"TV na Taba", apresentado por Homero Silva, foi o primeiro programa transmitido. Teve a participação de Lima Duarte, Hebe Camargo, Mazzaropi, Ciccilo, Lia Aguiar, Vadeco, Ivon Cury, Lolita Rodrigues, Wilma Bentivegna, Aurélio Campos, do jogador Baltazar e da orquestra de George Henri.
Logo na estréia a TV Brasileira teve de mostrar seu poder de improviso. Eram apenas duas câmeras e horas antes do começo da transmissão uma pifou. Os técnicos americanos aconselharam que a "festa" fosse adiada, mas lá estava o diretor Cassiano Gabus Mendes, outro pioneiro da TV brasileira, que decidiu ir ao ar mesmo só com uma câmera.   
A transmissão foi assistida através de 200 aparelhos importados por Chateaubriand e espalhados pela cidade.
Logo, com ajuda dos profissionais do rádio, jornal e do teatro, as transmissões aconteceiam das 18 às 23h e foi colocado no ar o primeiro telejornal: "Imagens do Dia".
Os primeiro anunciantes da Tv Brasileira foram : Sul América Seguros, Antárctica, Moinho Santista e empresas Pignatari (Prata Wolf).

Já no ano seguinte a inauguração existiam, aproximadamente, 7 mil aparelhos de televisão entre São Paulo e Rio de Janeiro.
No dia 20 de Janeiro, dia de  São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, a TV Tupi da "Cidade Maravilhosa" inicia suas operações.
Começam também a fabricar no Brasil aparelhos receptores de TV. Os primeiros foram da marca "Invictus", de Bernardo Kocubej.
"Sua vida me pertence", a primeira telenovela brasileira, vai ao ar. Escrita por Walter Foster e estrelada pelo próprio Foster, Lia de Aguiar, Vida Alves, José Parisi e Dionísio de Azevedo. Eram dois capítulos por semana transmitidos pela Tupi.

Dia 14 de Março a TV Paulista, canal 5 de São Paulo, pertencente as Organizações Victor Costa, é inaugurada.
Na Tupi já estavam no ar os seguintes programas: "TV de Vanguarda", o primeiro e mais importante teleteatro da TV brasileira, "Clube dos Artistas", único dos programas pioneiros a ficar no ar até 1980 e a primeira adaptação do "Sítio do Pica-Pau Amarelo" de Monteiro Lobato, escrita por Tatiana Belinky e dirigida por Júlio Gouveia.

Um sucesso do rádio encanta e faz sucesso na TV: "Repórter Esso". Foi ao ar pela primeira vez no dia 17 de junho.
Em 27 de Setembro foi inaugurada a TV Record de São Paulo.
Na TV Paulista vai ao ar o primeiro "circo" na TV: "Circo do Arrelia", que depois foi apresentado pela TV Record; e "A Praça da Alegria", apresentada por Manoel de Nóbrega.

O primeiro seriado produzido no Brasil vai ao ar. Era estrelado por Ayres Campos e Idalina de Oliveira, foi exibido na TV Record.  Era o "Capitão 7".

Em 18 de Setembro de 1955 acontece outro marco importante para a TV Brasileira. esta é a data da primeira transmissão externa direta com a transmissão do jogo Santos X  Palmeiras, na Vila Belmiro, pela TV Record..
Na Tupi faz sucesso "O Céu é o Limite", de J. Silvestre, precursor de todos os programas de perguntas e respostas da TV brasileira. 
Para a criançada tinha na TV Record a "Grande Gincana Kibon", iniciado em 17 de Abril daquele ano, ficando no ar por 16 anos.
A Tv no Brasil crescia a passos largos. No dia 15 de julho foi inaugurada mais uma emissora: a TV Rio, de João Batista do Amaral e Paulo Machado. Em 8 de setembro é inalgurada a TV Itacolomy de Belo Horizonte.

O sucesso da Tv é tanto que o mercado publicitário investiu pesado. Já em 1956 as três emissoras de TV de São Paulo arrecadavam mais que as treze emissoras de rádio. A essa altura a TV atingia a cerca de um milhão e meio de telespectadores em todo o Brasil.
Mais nove estações da Rede dos Diários Associados (Assis Chateaubriand) são inauguradas: Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife, Campina Grande, Fortaleza, São Luís, Belém e Goiânia.
"Poliana", a primeira telenovela infantil vai ao ar pela Tupi, com adaptação de Tatiana Belinky e direção de Júlio Gouveia. 
Também a Tupi realiza neste ano a primeira transmissão interestadual. Foi o jogo Brasil x Itália, direto do Maracanã no Rio de Janeiro para São Paulo. Para realizar a transmissão o técnico da Tupi, Reinaldo Paim, construiu três antenas, utilizando tela de galinheiro.

Em 11 de dezembro, começam as transmissões para o interior de São Paulo.



Em 1960 já existiam 200 mil aparelhos receptores de televisão.
Em maio acontece o primeiro incêndio na Tv Record.
O videoteipe passa a ser utilizado com mais regularidade no programa "Chico Anísio Show", dirigido por Carlos Manga. As propagandas que eram apresentadas ao vivo passam a ser gravadas.
Com a inauguração de Brasília, transmitida para todo o Brasil, o governo começa a investir nas transmissões à distância para atingir um maior número de telespectadores. As imagens chegam a São Paulo, Rio e Belo Horizonte e a TV Tupi foi a primeira emissora a ocupar um link e transmitir em cadeia no Brasil, através de 1.200 km, com 7 torres de transmissão.
O primeiro teleteatro a usar o VT foi "Hamlet", de William Shakespeare, adaptado e dirigido por Dionísio de Azevedo, da TV Tupi.
A TV Cultura junto com a Secretaria de Educação de São Paulo colocam no ar o primeiro Telecurso, preparando candidatos para o exame de admissão ao ginásio.

Através de decreto federal, o intervalo comercial é fixado em três minutos e é proíbida a participação de menores de 18 anos em programação de debates.

É instituído o "Código Brasileiro de Telecomunicações" e  criado o Conselho Nacional de Telecomunicações (CONTEL), autorizando o governo federal a constituir uma empresa pública, Empresa Brasileira de Telecomunicações.
É criada a ABERT, Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão. Seu  primeiro presidente foi o deputado João Calmon. A primeira conquista foi a mudança no prazo de concessão, que era de 3 anos e passa a ser de 15 anos.
Jânio Quadros obriga , por decreto, a dublagem de todos os filmes transmitidos pela TV. 
Também por decreto era obrigatória a transmissão diária de 25 minutos de filmes brasileiros.
É inaugurada a TV Gaúcha, em Porto Alegre.
Na TV Paulista,  Sílvio Santos faz sua estréia com o programa dominical "Vamos Brincar de Forca ?", com duas horas de duração.
Na TV Rio fazem sucesso os seguintes programas: "O Riso é o Limite", humorístico, líder de audiência; "Teatro Moinho de Ouro", produção de Vitor Berbara; "Praça da Alegria" da TV Paulista com Manuel da Nóbrega;  "Preto no Branco" com a voz de Sargentelli; "Moacyr Franco Show"; e "Chacrinha".
A TV Excelsior inicia sua grande arrancada rumo à esdpecialização em dramaturgia, adquirindo modernos equipamentos, contratando os melhores profissionais, como Carlos Manga, e construindo um grande estúdio no bairro da Vila Guilherme, em São Paulo.

Decreto regulamenta a programação ao vivo da TV.


A TV Excelsior também apresentou o "1º Festival da Música Popular Brasileira". A música vencedora foi "Arrastão", de Edu lobo, interpretada por Elis Regina.
Investimentos do Estado, com o dinheiro arrecadado pelo Fundo Nacional de Telecomunicações e gerenciado pela recém-criada EMBRATEL, possibilitaram a construção de um sistema de microondas, crédito para a compra de receptores;  infra-estrutura para a sua expansão.
Inaugurada a TV Globo do Rio de Janeiro, canal 4 e às 11h do dia 26 de abril de 1965, a Rede Globo de Televisão entra no ar também em São Paulo, através do Canal 5 (antiga TV Paulista, adquirida do grupo Victor Costa).
Na Record vai ao ar o musical "O Fino da Bossa", com Elis Regina e Jair Rodrigues,  marcando o sucesso dos musicais.
Em Agosto, mais precisamente no dia 22, também a Record põe no ar o programa "Jovem Guarda", com Roberto Carlos.

Hebe Camargo estréia, em 10 de abril, seu programa dominical na TV Record e é líder de audiência.
Mais um incêndio, em 29 de Julho, atinge os estúdios da TV Record de São Paulo. Mesmo assim é realizado o "2º Festival de Música Popular Brasileira". Venceram: Chico Buarque com "A Banda" e Geraldo Vandré com "Disparada".
A Rede Globo passa a ser dirigida por Walter Clark, vindo da Tv Rio, que implementou um padrão de qualidade à emissora: o até hoje chamado "Padrão Globo".
Sílvio Santos apresenta na TV Globo o programa "Música e Alegria", com 4 horas de duração aos domingos.
Instalada uma CPI para investigar a associação da Rede Globo com o grupo americano Time Life, o que era proíbido pela legislação brasileira. As denúncias partiram do senador João Calmon, ligado às Emissoras Associadas (TV Tupi).
A Globo entra firme nas novelas e Gloria Magadan, autora cubana, escreveu para a emissora "Eu compro esta mulher" e "O Sheik de Agadir".
Incêndio na TV Excelsior. Crise financeira na emissora, que chega a atrasar em dois meses o pagamento dos funcionários.

É criado o Ministério das Comunicações.
Inaugurada a TV Bandeirantes  de São Paulo.
Na TV Record fazem sucesso:  os humorísticos "Família Trapo""Praça da Alegria", de Manoel da Nóbrega, que antes era exibido pela TV Paulista.
"Os Miseráveis", a primeira novela da Bandeirantes, vai ao ar. É uma  adaptação de Walter Negrão e Chico de Assis. Os capítulos tinham 45 minutos de duração.
A Globo populariza a programação, apresentando programas de auditório (Sílvio Santos, Chacrinha e Dercy Gonçalves).
A CPI da Câmara dos Deputados que investigou o caso Globo/Time-Life apresenta o parecer de seu relator Djalma Marinho, considerando que o acordo da Globo com o grupo americano infringia o artigo 160 da Constituição da República, no entanto em março deste mesmo ano, o presidente Castelo Branco e o procurador-geral da República consideraram a operação legal, fechando o inquérito e declarando infundadas as acusações.

Inauguração da Rede Nacional de Microondas sistema de transmissão por satélites. Telstar.
O programa dominical de Silvio Santos passa a ter seis horas de duração.
Incêndio na TV Record.
A TV Record coloca no ar o programa "Quem Tem Medo da Verdade", sob o comando de Carlos Manga. No programa artistas eram  julgados por problemas pessoais.
Na Globo fazem sucesso: "Dercy de Verdade", no Rio; "Casamento na TV" e "SOS Amor", ambos apresentados por Raul Longras e "O Homem de Sapato Branco", em São Paulo.
Em setembro, sob pressão do senador João Calmon e Carlos Lacerda, o presidente Costa e Silva considera ilegal o acordo entre a Globo e a Time-Life. A emissora é obrigada a se nacionalizar.
O lançamento da nave espacial Apollo IX é transmitido, via satélite pela TV Globo.
Na Tupi os destaques eram: "Domingo de Verdade", comandado por J. Silvestre e  "Os Sete Samurais", onde todos os profissionais, incluindo os técnicos, se vestiam de samurais.

A TV Cultura de São Paulo passa ao controle da Fundação Padre Anchieta, Centro de Rádio e TV Educativa do Estado de São Paulo.
O Brasil inaugura a Estação Terrena de Tanguá e a Estação Rastreadora de Itaboraí, no Rio de Janeiro, para transmissões internacionais via satélite. Através delas foi possível a transmissão da chegada do homem à Lua pela TV Globo.
Foi um ano marcado também por incêndios nas sedes das emissoras:
Incêndio no Teatro Consolação da TV Record.
Incêndio na TV Globo de São Paulo. Por causa do incêndio a emissora passou a centralizar no Rio de Janeiro toda a produção de programação da Rede.
Incêndio da TV Bandeirantes.
Incêndio no Teatro Paramount da TV Record.
Em 1º de Setembro, estréia o "Jornal Nacional", da Rede Globo, marcando o início das operações em rede no Brasil. O noticiário era apresentado por Heron Domingues e Léo Batista. Foi o primeiro programa regular a ser transmitido em rede nacional  e implementou um novo estilo de jornalismo na TV brasileira.
A Rede Globo assume a liderança absoluta de audiência.
No ar, a novela "Véu de Noiva" faz sucesso na Globo.
A Time-Life retira-se da Globo.
Na TV Tupi o sucesso era a novela "Beto Rockfeller", idéia de Cassiano Gabus Mendes, escrita por Bráulio Pedroso e dirigida por Lima Duarte e Walter Avancini. Participaram deste sucesso, lembrado até hoje:  Luiz Gustavo, lrene Ravache, Bete Mendes e Débora Duarte entr outros. Foi a primeira vez que se incorporava a realidade (ruas e edifícios da cidade e acontecimnetos reais) com cenário e pano de fundo de uma novela.
Após 16 pedidos de falência, em 1969, o Grupo Simonsen não consegue repassar a TV Excelsior e a emissora  é extinta, depois de 10 anos no ar.

O Censo de 1970 aponta o número de aparelhos de televisão chegou a 4 milhões de lares, atingindo, aproximadamente, a 25 milhões de telespectadores.
Incêndio na TV Globo do Rio de Janeiro, no dia 10 de Janeiro.
Faz sucesso na Globo a novela "Irmãos Coragem".
Inaugurada em 25 de Janeiro a TV Gazeta de São Paulo.
Incêndio nos estúdios da Vila Guilherme da TV Excelsior, em 17 de Julho.
Cassada a concessão da TV Excelsior, canal 9 de São Paulo, em 28 de setembro.

Incêndio na TV Globo do Rio de Janeiro, em 28 de Outubro.
Começa a preparação para a implantação da Tv a cores. Adaptação de equipamentos e treinamento de técnicos.
O Ministério das Comunicações baixa decreto que regulamenta 3 minutos de comercial para cada quinze minutos de programação.
Incêndio na TV Record.
A novela "Meu Primeiro Amor", da TV Globo, lança o merchandising, com o lançamento de uma nova linha de bicicletas.

O ano da "tv a cores" no Brasil. Em 31 de Março acontece a primeira transmissão a cores da TV brasileira: a Festa da Uva de Caxias do Sul / RS.  O sistema adotado no país é o PAL-M e a TV Globo é a mais adiantada na implantação das imagens coloridas.
Regulamentada pelo PRONTEL (Programa Nacional de Telecomunicações) a formação de redes de TV.

Vai ao ar pela primeira vez o programa "Fantástico", da Rede Globo. Mesclando  informação e variedades fez grande sucesso.
O programa "Caso Especial - Carnê de Baile", da Globo, marca o início das transmissões de programas com imagens coloridas. As emissoras tiveram que melhorar a qualidade de cenários, figurinos, maquiagens, vinhetas, etc, pois a transmissão colorida revelava mais imperfeições que a transmissão em P&B.
"O Bem Amado" da TV Globo foi a primeira novela colorida.
A  Tupi começa a trabalhar em rede, contando com um maior número de emissoras que a Globo.
Flávio Cavalcanti, pela TV Tupi, lidera a audiência aos domingos à noite. Polêmico, o programa chega a ser suspenso por 60 dias, devido a dois assuntos abordados: o português que mora na ilha de Marajó e tem um harém, incluindo a própria filha e o marido que empresta a mulher para o amigo porque está impotente).



Inaugurada em janeiro a TV Studios (TVS), no Rio de Janeiro, embrião do SBT, de propriedade de Sílvio Santos..
Incêndio na TV Globo do Rio de Janeiro.
O "Programa Silvio Santos" deixa a Rede Globo, em Agosto, e passa a ser transmitido pela Rede Tupi e TVS.
Roberto Marinho recebe o prêmio internacional Emmy, como Homem Destaque da Televisão.

Decreto regulamenta a propaganda governamental gratuita.
Em 7 de Março, a Globo coloca no ar a versão de maior audiência do "Sitio do Pica-Pau Amarelo", telenovela infantil.
Mauro Salles assume a vice-presidência dos Diários e Emissoras Associadas (Rede Tupi) para tentar salvar a empresa que estava à beira da falência. Ele se afasta do cargo dois meses depois.
Inaugurada a TV Guanabara do Rio de Janeiro, fazendo com que a Bandeirantes inicie a formação de sua Rede.
É cassada a concessão da TV Rio.
Sílvio Santos se associa ao Grupo Paulo Machado de Carvalho na TV Record.
Na TV Tupi a novela ds 20h, "O Profeta", faz sucesso e preocupa a TV Globo.
Mais um incêndio na TV Record. A programação da emissora, sériamente prejudicada, acaba sendo mantida com filmes.

O Telecurso 2º grau, produzido pela Fundação Roberto Marinho e Fundação Padre Anchieta, vai ao ar é torna-se o programa educativo de maior sucesso na TV brasileira.

A Rede Globo coloca no ar as "Séries Brasileiras".
Carlos Augusto de Oliveira, o Guga, vai para a Bandeirantes, que inicia uma nova fase. O marco da mudança é a novela "Cara a Cara", de Vicente Sesso dirigida por Jardel Mello.

Final da censura oficial ao telejornalismo (3 de fevereiro).
Em 14 de Julho, sai do ar a primeira emissora inaugurada no país: a TV Tupi de São Paulo. É o fim da Rede Tupi de Televisão.   Permanecem no ar somente as TVs Brasília e Itapuã.
O Governo Federal anuncia em 23 de julho de 1980 a abertura de concorrência para a exploração de duas novas redes de TV.   Estavam em jogo as sete concessões que pertenciam à Tupi, mais duas que pertenciam à TV Excelsior de São Paulo e à TV Continental do Rio de Janeiro, também extintas. A primeira nova rede de televisão ficaria com quatro emissoras e a segunda com as outras cinco.
Início das operações do SBT – Sistema Brasileiro de Televisão.
Resultado da concorrência para as duas novas redes de TV:
Ficaram com o empresário Sílvio Santos as seguintes emissoras: Canal 04, de São Paulo; Canal 9, do Rio de Janeiro, Canal 05, de Porto Alegre; canal 02, de Belém.
A outra rede foi entregue ao empresário Adolpho Bloch: Canal 09, de São Paulo; Canal 06, do Rio de Janeiro; Canal 04, de Belo Horizonte; Canal 06, de Recife; e Canal 02, de Fortaleza.





A Hist�ria do VT
O Primeiro equipamento de VT, que operava com rolos expostos foi inventado em 1956 na Ampex Corporation, nos E.U.A..   Equipamentos que operavam com rolos expostos gradualmente foram sendo substitu�dos por sistemas com cartuchos, e ent�o, na d�cada de 70, o U-Matic (ou 3/4") passou a ser o padr�o utilizado para produ��o e edi��o.
Em meados da d�cada de 70, a Sony lan�ava o Betamax. Logo em seguida, a JVC lan�ou o VHS. No in�cio dos anos 80, os consumidores podiam encontrar filmes em ambos os formatos nas v�deo locadoras e lojas do ramo. Apesar da qualidade de imagem do VHS ser inferior � do Betamax, o VHS venceu devido a uma pol�tica de patente bastante liberal e � capacidade m�xima de grava��o de 6 horas (SLP) contra 4 horas do Betamax.
Com planos de substituir o VHS e o U-Matic, a Sony lan�ou o formato 8mm em 1984. Com o VHS t�o vastamente difundido o plano falhou. Contudo, o 8mm foi bem aceito para uso em camcorders dom�sticas, e assim continua at� hoje.
Alguns anos depois, a Sony ressucitou o sistema de transporte Beta, e criou o Betacam. Este sistema, baseado em fitas de �xido magn�tico, foi lan�ado com o prop�sito de substituir o U-Matic. O Betacam foi bem aceito, e com um surpreendente avan�o no processo de fabrica��o de fitas, as fitas de part�culas met�licas adicionaram o conceito de Superior Performance (SP) nos produtos do mercado, mais notavelmente o Betacam-SP.
A era do v�deo digital chegou no final dos anos 80 com o advento do D1, sistema que opera com largura de banda integral em componente digital, desenvolvido pela BTS. At� hoje em dia, o D1 � o formato de mais alta qualidade para 525 ou 625 linhas. Em seguida, a Sony e a Ampex se juntaram para desenvolver um sistema de custo mais baixo: O D2, sistema em composto digital. O D2 foi desenvolvido para substituir o VT de 1 polegada, e de fato o substituiu.
Como a batalha de custo versus qualidade reina hoje em dia, o formato Betacam Digital surgiu como uma solu��o altamente competitiva no ambiente digital. Este formato digital ligeiramente comprimido, se estabeleceu em diversas �reas do mercado broadcast.
As DVC's ou Digital Video Cassetes est�o se difundindo e se tornando padr�o na tecnologia de palmcorders, proporcionando qualidade superior de imagem e de som. As solu��es que n�o requerem o uso de fitas magn�ticas tamb�m est�o sendo lan�adas, especialmente o DVD (Digital Versatile Disc).
Devido � imensa capacidade de armazenamento com baixo custo, as fitas magn�ticas tendem a ser a m�dia da pr�xima plataforma de v�deo: HDTV (Televis�o de Alta Defini��o). O D5 e o HD Cam dever�o ser os protagonistas deste cen�rio.

Os sistemas adotados em cada pa�s:
PAL-M
Brasil

PAL-N
Argentina


NTSC
Antilhas Hol.
Aruba
Bahamas
Bermudas
Birm�nia
Bol�via
Canad�
Chile
Col�mbia
Cor�ia do Sul
Costa Rica
Cuba
El Salvador
Equador
Filipinas
Guatemala
Haiti
Honduras
Ilhas Virgens
Jamaica
Jap�o
M�xico
Nicar�gua
Panam�
Per�
Porto Rico
Rep. Dominicana
Suriname
USA
             PAL             
A�ores
�frica do Sul
Alb�nia
Alemanha
Alg�ria
Angola
Austr�lia
�ustria
Bangladesh
B�lgica
Born�u Set.
Botswana
China
Dinamarca
Emirados �rabes
Esc�cia
Espanha
Eti�pia
Finl�ndia
Gana
Gibraltar
Gin� Equatorial
Holanda
Hong Kong
I�men
�ndia
Indon�sia
Irlanda
Isl�ndia
Israel
It�lia
Iugosl�via
Jamaica
Jord�nia
Kwait
Lesoto
Lib�ria
Luxemburgo
Mal�sia
Malaui
Maldivas
Malta
Mo�ambique
M�naco
Nig�ria
Noruega
Nova Guin�
Nova Zel�ndia
Paquist�o
Paraguai
Portugal
Q�enia
Reino Unido
Rep. Camar�es
Rod�sia
Rom�nia
Ryad
Sierra Leone
Singapura
Siri Lanka
S�ria
Sud�o
Su�cia
Su��a
Tail�ndia
Tanz�nia
Tun�sia
Turquia
Uganda
Uruguay
Z�mbia
SECAM
Afeganist�o
�frica Central
Ar�bia Saudita
Benin
Bulg�ria
Burundi
Chipre
Congo
Cor�ia do Norte
Costa do Marfim
Egito
Fran�a
Gab�o Guin�
Gr�cia
Hungria
Ilhas Maur�cius
Iran
L�bano
L�bia
Luxemburgo
Madagascar
Mali
Marrocos
Maurit�nia
Mong�lia
Nig�ria
Pol�nia
Rep. Tcheca
R�ssia
Senegal
Thaiti
Tchad
Togo
Tun�sia
Vietn�
Zaire
Veja aqui fotos que registram momentos importantes da televis�o brasileira, os logos das emissoras e os pioneiros que fizeram a nossa TV. As fotos foram colhidas dos sites das emissoras e em outros que abordam o assunto.
Veja aqui outras fotos que registram momentos importantes da televis�o brasileira. As fotos foram colhidas dos sites das emissoras e em outros que abordam o assunto.
fototvtupi.jpg (11427 bytes)
Alguns dos principais autores da TV Brasileira:
aguinaldo_silva.jpg (12258 bytes)Agnaldo Silva benedito.jpg 
(10978 bytes)Benedito Rui Barbosa dias_gomes.jpg (10057 bytes)Dias Gomes cassiano_gabus_mendes.jpg (8040 bytes)Cassiano Gabus Mendes
gilberto_braga.jpg (11708 bytes)Gilberto Braga ivani_ribeiro.jpg (14237 bytes)Ivani Ribeiro janete_clair.jpg (13513 bytes)Janete Clair lauro_cesar_muniz.jpg (10527 bytes)Lauro Cezar Muniz
manoel_carlos.jpg (11316 bytes)Manuel Carlos silvio_de_abreu.jpg (9496 bytes)S�lvio de Abreu walter_negrao.jpg (11242 bytes)Walter Negr�o

Os Grandes Festivais:
audmusicais_small.gif (15539 bytes) brasa.gif (14907 
bytes) caetano_small.gif (15644 bytes)

jovemguarda_small.gif (15208 bytes)Programa Jovem Guarda manoeldenobrega.gif (2777 bytes)Pra�a da Alegria plunct_small.gif (10689 bytes)Musical Plunct Plact Zoom

hiltong1.jpg 
(21987 bytes)Hilton Gomes hiltong4.jpg 
(27528 bytes) reporteresso.jpg (3857 bytes)Gontijo Teodoro

vigilante61.jpg (9727 bytes)O Her�i da TV: Vigilante Rodovi�rio. anamaria.jpg 
(8673 bytes)Ana Maria Braga garibaldo.jpg 
(5963 bytes)Garibaldo, da Vila S�zamo

hist01.jpg (5325 
bytes) hist02.jpg (5121 
bytes)
REDE TUPI:tupi2.jpg (10008 
bytes)
tupi3.jpg (7158 
bytes) tupi1.jpg (6510 
bytes) tupi4.jpg (5658 
bytes)
cameratupi.jpg (11155 bytes) cassiano_gabus_mendes.jpg (8040 bytes)

REDE GLOBO:
globo001.jpg 
(5688 bytes)globo02.jpg 
(5196 bytes)globo03.jpg 
(5212 bytes)globo4.jpg (4943 
bytes)globo5.jpg (5545 
bytes)
globo01.gif 
(11260 bytes)Sede da TV Globo no Rio de Janeiro. globo2.jpg (3475 
bytes)A novela "O Sheik de Agadir", TV Globo. globo3.jpg (4181 
bytes)Projac - Centro de Produ��o da Globo, em Jacarepagu� / Rio.

Voltar
SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVIS�O (SBT):sbt01.gif (90606 
bytes)
silviosantos.jpg (10618 bytes)O empres�rio e apresentador do SBT, S�lvio Santos. programsbt.jpg (18313 bytes)
Voltar
REDE RECORD:recor5377.gif 
(2195 bytes)record7789.gif (2894 bytes)record9094.gif (2507 bytes)record9496.gif (2910 bytes)record9600.gif (3765 bytes)
record05.gif 
(4586 bytes) eliana.gif (6505 
bytes) boris.gif (9271 
bytes)

Voltar
TV CULTURA/SP:
cultura01.gif 
(725 bytes)cultura02.jpg 
(3538 bytes)cultura03.gif 
(2932 bytes)30anoscultura.jpg (8082 bytes)
hist01.jpg (5325 
bytes) hist02.jpg (5121 
bytes) onibuscultura.jpg (5486 bytes)

OUTRAS IMAGENS:
chacrinha.gif 
(3479 bytes)Chacrinha, o "Velho Gerreiro". garibaldo.jpg 
(5963 bytes)Garibaldo, do seriado infantil "Vila S�zamo". manoeldenobrega.gif (2777 bytes)Manoel da N�brega em sua "Pra�a da Alegria".
manchete.gif 
(2362 bytes)S�mbolo da Rede Manchete. tvcnt.gif (17322 
bytes)S�mbolo da Rede CNT.  

janete.gif (80859
 bytes)A escritora de telenovelas Janete Clair. vigilante61.jpg (9727 bytes)Seriado "O Vigilante Rodovi�rio", Sucesso na d�cada de 60. tvcultura70.jpg (4778 bytes)TV Cultura, d�cada de 70.

suavidamepertence51.jpg (15960 bytes)"Sua Vida me Pertence" / 1951 redencao66.jpg (25432 bytes)"Reden��o" / 1966
cameranova1.gif (10497 bytes)


cameranova2.gif (17651 bytes)
Postar um comentário

Postagens populares

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

ganhe AMOSTRAGRATISNET